o núcleo do universo gamer
Foto: Felipe Guerra - @gerraesports

Empresa

A BBL nasceu da necessidade de unir as áreas do universo gamer. Tornamos o caminho muito mais simples, englobando todo o ecossistema: desde a operação de torneios e produção de eventos até a criação de conteúdo em geral (campanhas, branding, coberturas, lifestyle e o que mais a imaginação é capaz de alcançar) e disseminação da informação.

O ciclo começa e termina dentro da BBL, sendo algumas das unidades de negócio: ESL Brasil e Arca.

MISSÃO

Ser o núcleo que concentra a comunicação entre as diversas partes que compõe o universo gamer: ligas e torneios, canais de conteúdo e comunicação, eventos, influencers e marcas.

ESL

Responsável pela operação de torneios ligados à própria marca ou marcas parceiras. Licenciada da Turtle GmbH, maior empresa de Esports do mundo.

Arca

Produtora de eventos e torneios ESL e whitelabels.

Leo De Biase

possui 20 anos de experiência nas áreas de games, eSports e tecnologia; atualmente é o CEO da ESL Brasil. Chegou à empresa, maior do mundo no ramo de eSports, em novembro de 2016 com a missão de fortalecer o mercado nacional da área, consolidando parcerias estratégicas e buscando investimento para iniciativas, eventos e campeonatos, já bastante famosos e lucrativos ao redor do mundo.

O executivo veio de uma passagem de mais de quatro anos pela NVIDIA, onde foi responsável pelas áreas de Consumer Marketing e Relações Públicas para a América Latina. Antes disso, De Biase também passou por outras grandes empresas do setor, dentre elas Bigpoint e Level Up! Games. Atuando no segmento desde 1998, foi pioneiro no segmento das “Lan Houses” no Brasil e, como ex-jogador profissional de CS 1.6 e entusiasta dos eSports, tornou-se referência no mercado para consultas, palestras e narrações.

Nando Cohen

é um dos sócios e fundadores da BBL, holding brasileira de esportes eletrônicos, ao lado de Leo De Biase, referência no mercado de esports no Brasil e na América Latina.

Gamer apaixonado e diretor de filmes publicitários há 24 anos, fundou a Lobo, parte do grupo Vetor Zero, estúdio pioneiro no uso da computação gráfica na publicidade brasileira, com um time cada vez maior de profissionais, versados nas mais diversas técnicas:live action, animação tradicional, stop motion, digital e outros.

Atualmente, além de seu importante projeto no setor de games à frente da BBL, Nando é sócio do grupo Vetor Zero/Lobo, grupo este reconhecido internacionalmente com mais de 35 Cannes Lions Awards

JMS Comunicação